a

Presidente da Câmara dos Vereadores acredita que contas da ex-prefeita Ciça serão aprovadas

Após um recesso que durou trinta dias, a Câmara Municipal realiza excepcionalmente nesta terça, a primeira sessão ordinária deste segundo...


Após um recesso que durou trinta dias, a Câmara Municipal realiza excepcionalmente nesta terça, a primeira sessão ordinária deste segundo semestre.

E a primeira reunião promete ser bastante movimentada, isso porque os vereadores obrigatoriamente deverão aprovar ou não as contas da Prefeitura de Frutal referentes aos anos de 2006 e 2010.

Época em que uma Comissão Especial de Investigação formada por alguns vereadores questionou os altos salários pagos pela Sociedade Amigos do Hospital São Francisco de Assis aos médicos que prestavam serviços ao Hospital Frei Gabriel.

De acordo com o relatório final da comissão, a prefeitura chegou a pagar salários de até 60 mil reais a vários médicos contratados pela Sociedade Amigos do Hospital São Francisco de Assis, quando o valor permitido pelo teto remuneratório era de apenas 12 mil reais.



Mesmo com esta grave acusação contra a ex-prefeita, o presidente da Câmara dos Vereadores, Sebastião Custódio Couto Júnior acredita que a sessão irá transcorrer tranquilamente e que as contas da antiga administração serão aprovadas pelos vereadores. “As contas já foram aprovadas Tribunal de Contas do Estado, que é o órgão competente para analisar estas questões. Então não vejo nenhum motivo para que os vereadores rejeitem as contas da antiga administração, por isso, acho que esse será assunto não será cercado de polêmicas como muitos imaginam”.

Juninho afirma que diversos projetos importantes serão votados pela Câmara de Vereadores ao longo de todo o segundo semestre deste ano. “Estive conversando com o prefeito Mauri e neste segundo semestre teremos muitos projetos importantes para serem votados e tenho certeza que eles beneficiarão toda a comunidade frutalense”.



Juninho ainda cobrou uma participação mais efetiva da população nas reuniões semanais da Câmara dos Vereadores. “Quando homenageamos uma pessoa com uma monção de aplauso o plenário fica completamente lotado, contudo, quando vamos aprovar questões que irão mexer com o destino de toda a cidade, o plenário quase sempre está às moscas. Por isso, acredito que seja fundamental que toda a população participe ativamente das nossas reuniões”.




+ lidas

Recentes

Arquivo

Sugerir Matéria

Nome

E-mail *

Mensagem *

Contatos

Telefone
(34) 3423-5050

Celular Plantão
(34) 9679-1647

E-mail
raiox102@gmail.com


item